6/recent/ticker-posts

História: A Ponte Simplício Dias da Silva

Ponte Simplício Dias da Silva. ((c)) Walter Fontenele

 A Ponte Simplício Dias da Silva, inaugurada em 10 de Março de 1975 pelo saudoso ex-governador Alberto Tavares Silva, fica localizada no Porto das Barcas, o berço do nascimento de Parnaíba.

Ponte sendo construída. Foto de Reprodução

A ponte é a ligação a diversas comunidades pertencentes ao Munícipio de Parnaíba, com destaque para a comunidade pesqueira da Pedra do Sal. Além disso, a Ponte Simplício Dias da Silva é o principal acesso ao Munícipio de Ilha Grande do Piauí, porta de acesso ao Delta do Rio Parnaíba.

 Até meados da década de 1970 à população de Parnaíba só tinha acesso a Ilha Grande de Santa Isabel por intermédio de barcos e canoas, que eram utilizados para atravessar pessoas e mercadorias pelo Rio Igaraçu.

Vista frontal. ((c)) Walter Fontenele

Foi só no ano de 1975 (10 de Março) que foi inaugurada a Ponte Simplício Dias da Silva, que teve como função principal integrar a parte insular com a parte continental da cidade. Junto com essa integração veio o “progresso”, facilitando à vida de trabalhadores autônomos da parte insular que tiveram mais condições de transportar seus produtos aos mercados consumidores da cidade, principalmente o pescado.

O setor turístico talvez tenha sido o que mais se beneficiou com a construção da Ponte, facilitando o acesso a praias, lagoas, dunas e ao Delta do Rio Parnaíba. Segundo o jornalista R. Ferraz Filho, “A Ponte foi construída sobre o rio Igaraçu, sendo uma obra de utilidade pública que vem servindo aos habitantes de Parnaíba, aos moradores da Ilha Grande de Santa Isabel e todos aqueles que, em função turística, procuram a famosa Pedra do Sal”

Pedra do Sal, Comunidade beneficiada com a Ponte. ((c)) Walter Fontenele

A construção foi realizada pela Construtora Gaspar, com sede no Rio Grande do Sul, em “forma de caixão celular de concreto armado e protendido, com 9,20 metros de largura total e 300 metros de extensão, com largura de 6 metros, não apresenta nível de vibração elevado e o fluxo de cargas pesadas é baixo.

Em 2021 a Ponte Simplício Dias da Silva completa 48 anos, sem ter muito que comemorar, pois a única reforma que foi realizada na estrutura em décadas caminha a passo de cágado, sem prazo para terminar.

Por Walter Fontenele

Postar um comentário

0 Comentários