Ceará perde em casa para Palmeiras. Alviverde continua isolado na liderança

Zé Rafael foi um dos destaques do Palmeiras
📷Zé Rafael foi um dos destaques do Palmeiras © Walter Fontenele
🏠Fortaleza (CE)

Pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Ceará perdeu para o Palmeiras pelo placar de 2 x 1 no sábado (30) na Arena Castelão. Os atacantes: Dudu e Lopez marcaram para o Alviverde e Mendonza, de pênalti, marcou para o Vozão. 

📷Falta perigosa para o Palmeiras © Walter Fontenele

O Palmeiras continua isolado na liderança com 42 pontos; já o Ceará perdeu duas posições, estando agora na 14ª posição a 3 pontos do Cuiabá, que abre a Zona de Rebaixamento.

📷Lindoso tenta um contra ataque para o Ceará © Walter Fontenele
A partida foi marcada pelas polêmicas do VAR. O Ceará reclamou muito de um pênalti não marcado de Gustavo Gómez em Mendoza. Daronco mandou o jogo seguir e o VAR aceitou a decisão de campo.

Produtos Longá | Parnaíba

O jogo

Motivado por jogar em casa, o Ceará começou a partida com mais ímpeto ofensivo e em cinco minutos deu dois chutes, defendidos sem dificuldades pelo goleiro, Weverton. O Palmeiras respondeu em seguida com uma arremate, também de fora da área, de Dudu, sem perigo para João Ricardo,

Aos 25 minutos, Abel Ferreira pediu para Gustavo Scarpa jogar mais perto de Dudu no lado direito e as coisas começaram a melhorar para o Palmeiras. Em pouco tempo, a bola passou a ficar mais tempo nos pés dos palmeirenses e o primeiro gol saiu.

Aos 30 minutos, Scarpa recebeu a bola de Dudu, cortou para a perna direita e chutou. João Ricardo espalmou para frente e, no rebote, Dudu só teve o trabalho de empurrar para a rede. Foi seu primeiro gol desde o dia 12 de junho, quando fez o da vitória sobre o Coritiba, em Curitiba.

Com mais tranquilidade, o Palmeiras seguiu com mais posse de bola e evitava que Vina e Mendoza conseguissem armar as jogadas de ataque do Ceará. E se aproveitou de um descuido cearense para marcar o segundo gol.

Aos 45 minutos, o volante Rodrigo Lindoso estava machucado e mancando em campo quando Scarpa recebeu a bola pelo meio e deu um ótimo passe para Flaco López. O atacante argentino ficou sozinho com João Ricardo e marcou o gol, o seu primeiro com a camisa do Verdão em apenas dois jogos.

Nos acréscimos, polêmica no ar. Mendoza disputou a bola na área com Gustavo Gómez e caiu depois de ser empurrado. Anderson Daronco não marcou e nem foi chamado pelo VAR, o que gerou protestos dos jogadores do Ceará.

Após o intervalo, o Ceará até tentou fazer uma pressão, mas logo aos quatro minutos o plano foi por água abaixo com a expulsão de Richardson.

Assim, o jogo ficou muito mais favorável ao Palmeiras, que conseguiu criar três boas chances. Em uma Scarpa acertou o travessão em um chute de fora da área, em outra Raphael Veiga mandou uma bomba e João Ricardo espalmou e na última Murilo marcou, mas a jogada foi anulada por impedimento.

Aos 32 minutos, o Ceará teve a esperança da reação com um pênalti de Danilo em Vina, que gerou, desta vez, muita reclamação dos palmeirenses. Na cobrança, Mendoza chutou no meio do gol e diminuiu a vantagem alviverde para 2 a 1.

O time da casa seguiu na pressão, mas com um jogador a menos em campo as coisas ficaram difíceis. No final, o Palmeiras venceu e conseguiu se vingar da derrota em casa para o Ceará por 3 a 2, na estreia do Brasileirão, em abril.

Todas as fotos do confronto disponíveis no Instagram @fontenelewalter

Por Walter Fontenele | Portalphb


Nenhum comentário