Ultimas Noticias

6/recent/ticker-posts

Caso Selene veras: julgamento de Raimundo Neto é adiado após jurada passar mal

📷Foto: Gleitowney Miranda

O julgamento de Raimundo Neto Pereira, 34 anos, acusado de praticar feminicídio contra a própria esposa, Selene Veras Roque, morta com 26 facadas em junho de 2018, em Luís Correia, litoral do Piauí, foi adiado para o dia 8 de julho.


O adiamento foi solicitado pela defesa do acusado, após uma das juradas ter passado mal e uma profissional de saúde ter adentrado no local durante a sessão para socorrê-la.

A primeira audiência do caso, de instrução e julgamento, aconteceu em julho de 2018, na ocasião, a defesa do acusado afirmou que ele estava "fora de si" no momento do crime e que por isso não poderia responder por ele.

Continua depois da publicidade:

Contudo, um exame de sanidade mental atestou que o réu tinha total consciência do que fazia no momento do crime.

Desta forma, o acusado foi considerado imputável, ou seja, pode ser punido de acordo com o previsto no Código Penal.

Por Gleitowney Miranda (Click Parnaíba)

Postar um comentário

0 Comentários