Ultimas Noticias

6/recent/ticker-posts

FlaNews - Coluna do Flamengo


+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-

Imbróglio na Justiça envolvendo Marcão, pai de Gerson, e empresários pode afetar negociação do Flamengo com Olympique pelo volante

📷Foto: Luciano Belford

A negociação entre Flamengo, Olympique de Marselha e Gerson ganhou mais um personagem, a "G7 Football Investments", empresa de agenciamento de jogadores de futebol que tem o agente Tiago Guadagno como proprietário. Nesta sexta-feira, o nome de Tiago apareceu no sistema oficial da CBF como o intermediário oficial do volante rubro-negro, mesmo com Marcão, pai do atleta, afirmando que o seu filho não tem mais nenhum representante a não ser ele.

Inclusive, segundo uma fonte ouvida pela reportagem, Tiago Guadagno já comunicou tanto ao Flamengo quanto ao representante do Olympique de Marselha nas tratativas, o ex-jogador Tulio de Mello, que ele também precisa participar das negociações, pois é o representante oficial de Gerson.

Continua depois da publicidade:

Mas o imbróglio entre Marcão e G7 Football começou em 2020, quando Gerson, representado pelo seu pai, buscou uma rescisão do contrato de representação com a "P&P Sport Management", do empresário Federico Pastorello, quem inclusive intermediou a ida do jogador ao Flamengo.

Então, Marcão e Gerson assinaram contrato com a G7 Football, e o vínculo ficaria em vigor assim que a rescisão com a P&P Sport Management fosse sacramentada. Marcão entrou com uma ação na Câmara Nacional de Resolução de Disputas (CNRD) da CBF e conseguiu se desvincular da P&P e, em seguida, teria que cumprir as obrigações com a G7, o que nunca aconteceu. Pelo menos é o que Tiago Guadagno alega na Justiça.

A reportagem teve acesso ao processo de Tiago Guadagno, da G7 Football, contra Marcão e Gerson, alegando que tanto o pai quanto o filho assinaram o contrato de representação, mas nunca cumpriram o acordo.

"Conforme a “Cláusula Primeira” do referido compromisso, o RÉU tem a obrigação de firmar contrato com os AUTORES para os mesmos gerenciarem a sua carreira desportiva, no prazo de até 24 (vinte e quatro) horas contados da anulação do contrato de representação celebrado com a P&P Sport Management Sam, ou da obtenção de liminar para prosseguir com a rescisão do mesmo."

"Tal cláusula especificou o termo condicional desta forma pois, naquele momento, na esfera jurisdicional desportiva, o RÉU buscava junto aos órgãos da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) declarar nulo/anulável o contrato de representação então vigente, inclusive com expectativa de obter o deferimento de um pedido liminar neste sentido."

"Durante a vigência dos termos do compromisso cível fixado entre as partes, especificamente no dia 18 de agosto de 2020, houve o deferimento de um pedido liminar feito pelo RÉU no âmbito jurisdicional desportivo, o qual condicionou um cenário favorável para o mesmo desvincular-se do seu antigo representante e, assim, cumprir o compromisso pactuado com os AUTORES: assinar um contrato de representação exclusivo com prazo de validade de 03 (três) anos. Ocorre que, infelizmente, o RÉU nunca cumpriu com a sua obrigação"

"Após várias tentativas de contato para solucionar tal impasse, os AUTORES viram-se obrigados a notificar extrajudicialmente o RÉU, o qual tomou ciência dos seguintes termos em 16 de dezembro de 2020 (documento integral está anexado aos autos para análise)"

"Após tomar ciência da notificação, o RÉU manifestou-se, por meio de contranotificação extrajudicial data de 05 de janeiro de 2021 (documento anexo aos autos), quando seu advogado expôs que irá comprovar em Juízo a nulidade absoluta do referido contrato. Passadas duas semanas desde tal manifestação, e não havendo qualquer ato praticado pelo RÉU visando pôr fim ao litígio, cabe aos AUTORES tomarem as medidas judiciais cabíveis para fazer valer o negócio jurídico pactuados entre as partes."

Continua depois da publicidade:

Diante disso, a G7 Football requereu no processo o seguinte:

A) seja determinada a citação do RÉU, por meio do patrono com poderes para receber citações e intimações (procuração em anexo) ou, em alternativa, por meio do endereço indicado na qualificação;

B) seja deferida tutela de urgência no sentido de OBRIGAR o RÉU a assinar o contrato de representação, no prazo de 24h, respeitando todos os termos pré-acordados no “Instrumento Particular de Compromisso de Representação”;

C) caso seja deferida a tutela de urgência e o RÉU de fato assinar o contrato de representação, visto a natureza exaustiva da obrigação, seja confirmada a liminar e, em seguida, declarada cumprida a obrigação de fazer prevista no “Instrumento Particular de Compromisso de Representação”;

D) SUBSIDIARIAMENTE, caso Vossa Excelência indefira o pedido principal, seja declarada a quebra unilateral do “Instrumento Particular de Compromisso de Representação”, com base no disposto na cláusula sexta ("6.1") do mesmo, condenando o RÉU a pagar a multa de R$8.000.000,00 (oito milhões de reais), face o não cumprimento da obrigação disposta na cláusula primeira (“1.1”) do referido documento;

E) seja o RÉU condenado a arcar com todos os custos e demais ônus sucumbenciais,
incluindo honorários advocatícios de sucumbência

A pergunta: "como querer 'obrigar' o atleta a assinar? Se o contrato consta no sistema da CBF é porque assinou, né?". A reposta é não. Era o acordo que se tinha por questão de prazos e estratégias das partes. Uma fonte garantiu à reportagem que a G7 possui os dois contratos assinados com Marcão e Gerson desde 18 de junho de 2020.

Por outro lado, Marcão e Gerson tiveram dois ganhos de causa na Justiça contra a G7 Football, que mantém a postura de cobrar pai e jogador no âmbito jurídico.

O QUE OS ENVOLVIDOS FALAM?

O Jornal O Dia entrou em contato com a empresa responsável pela assessoria de Marcão e Gerson, mas a resposta foi que, neste momento, não irão se manifestar sobre o assunto. A postura foi a mesma da assessoria da G7 Football. Bruno Spindel, diretor executivo do Flamengo, também foi procurado, mas não retornou a mensagem. Federico Pastorello, da P & P, apenas garantiu que não está envolvido na possível venda do volante ao Olympique de Marselha.

Por Venê Casagrande (O Dia)

Identificação com o Flamengo pesa e conversas com Olympic esfriam

📷Foto: Alexandre Vidal

A reunião entre Flamengo, Olympique e representantes de Gerson na próxima quinta-feira (20) será decisiva, mas há boa chance de sacramentar a permanência do volante no Rio de Janeiro. 

Apesar de o projeto apresentado pelos franceses ter impressionado, a identificação do jogador com o clube carioca pesou, e o atleta já confidenciou a amigos e pessoas do elenco que não pensa em aceitar a oferta.

Continua depois da publicidade:

Por conta do jogo contra a LDU, nesta quarta-feira, não houve nova rodada de tratativas com o Olympique. O Flamengo programou para quinta-feira uma reunião entre todas as partes para chegar a uma definição. Diante do posicionamento de Gerson, e também por ainda não haver acordo entre os clubes, a expectativa é de que a negociação seja encerrada.

Nas últimas rodadas, Flamengo e Olympique negociavam um acordo próximo dos 25 milhões de euros, mas a diretoria rubro-negra queria manter um percentual em futura venda e também aditivos que aumentassem o valor total da transação. As conversas corriam bem, mas ainda não havia acordo.

Gerson foi um pedido expresso de Jorge Sampaoli, que vê o volante como um jogador central em seu projeto no Olympique. Apesar disso, o atleta está bem adaptado ao Rio de Janeiro, perto de seus familiares, e a perspectiva de precisar ir sozinho para a Europa é um fator negativo na balança.

Além disso, a janela de transferências para a Europa ainda está fechada, e há o entendimento de que não há necessidade de concluir um negócio antes da abertura, com potenciais novos interessados.

O camisa 8 do Flamengo está relacionado normalmente para o jogo contra a LDU. Ele completou recentemente 100 partidas pelo clube, contra o Unión La Calera, e foi homenageado com uma camisa comemorativa antes do Fla-Flu do último sábado, no Maracanã.

O contrato de Gerson com o Flamengo vai até 2023, e os próprios dirigentes rubro-negros já admitiram publicamente que a situação do volante é uma prioridade para reajuste salarial e aumento do vínculo. As conversas, porém, estão paradas, devido à situação financeira do clube na pandemia de Coronavírus.

Por GloboEsporte

Flamengo adia reunião com dirigentes do Olympique; venda de Gerson está próxima de ser concretizada

📷Foto: Marcelo Cortes (Fla)

As tratativas do Olympique de Marselha com o Flamengo, envolvendo o volante Gerson, vão se estender por mais um dia. Em virtude do jogo do Rubro-Negro contra a LDU, nesta quarta-feira (19), pela Copa Libertadores, as partes não conseguiram avançar nas negociações e marcaram reunião para esta quinta (20), novamente junto com o pai e empresário do atleta, Marcão. A informação foi divulgada primeiramente pelo “ge”.

Relacionado para o confronto diante dos equatorianos, Gerson será titular na equipe do técnico Rogério Ceni. O jogo é de suma importância para o Mais Querido, já que com um simples empate, o Clube da Gávea garante vaga nas oitavas de final da competição continental. Desse modo, uma nova reunião após o duelo se torna inviável.

Continua depois da publicidade:

Flamengo e Olympique seguem conversando, e a tendência é que o jogador seja negociado. O Rubro-Negro no entanto ainda busca modificar alguns aspectos financeiros da proposta francesa, como a introdução de gatilhos contratuais, para que o clube lucre futuramente, assim como ocorreu na venda de Pablo Marí ao Arsenal.

Nos últimos dias, como já citado, Marcão, pai do jogador, vem participando das reuniões entre os dois clubes. O Olympique já iniciou conversas com o volante para definir salário e duração de contrato, porém ainda não chegaram a um acordo.

Por Coluna do Flamengo

Pai e empresário de Gerson, Marcão abre o jogo sobre possível saída do Flamengo

📷Foto de Reprodução

O Flamengo está próximo de perder uma das principais peças do elenco. Isso porque, o Olympique de Marseille, da França, está disposto a fazer um alto investimento para ter o volante Gerson. Nesta terça-feira (18), o pai e empresário do jogador, Marcão, falou sobre a possível saída do Rubro-Negro.

Em contato com o jornalista Eric Frosio, do portal Le Equipe, Marcão falou pela primeira vez sobre a negociação com o Olympique e demonstrou animação com a possibilidade de retornar à Europa: “O clube está pronto para fazer um grande esforço. Estamos cientes disso. É uma honra ser desejada por um clube como este!”, disse.

Continua depois da publicidade:

Uma reunião a ser realizada na tarde desta terça (18) pode sacramentar a ida de Gerson ao clube francês. A proposta gira em torno de 25 milhões de euros, no entanto, o Rubro-Negro conversa para tentar chegar aos 30 milhões. Apesar disso, a oferta inicial é vista com bons olhos devido a necessidade de cumprir as metas orçamentárias para 2021.

Cabe destacar que, desde o início da temporada, a diretoria do Flamengo admitiu a possibilidade de negociar um titular absoluto, caso fosse necessário para fechar as finanças do clube. Isso se adequa a possível venda de Gerson. Entretanto, antes de bater o martelo, além de tentar aumentar os valores, o Fla tenta permanecer com 20% dos direitos econômicos do atleta, para lucrar em uma futura venda.

Por Coluna do Fla

Flamengo e CBF entram em acordo para adiamento de jogos na data Fifa

📷Foto: Lucas Figueiredo 

O Clube de Regatas do Flamengo e a CBF entraram em acordo para o adiamento de jogos durante a data Fifa. O acordo entre CBF e clubes estabelece que se uma equipe tiver mais de dois atletas convocados para as seleções (principal e olímpica) o clube poderá requerer o adiamento.

A reunião entre o presidente do Flamengo, Rodolfo Landim e Rogério Caboclo, presidente da CBF, aconteceu na última sexta-feira (14).

Continua depois da publicidade:

O Flamengo teve quatro jogadores convocados: Everton Ribeiro e Gabigol (principal) e Pedro e Gerson (olímpica).

Ao todo, quatro partidas do Flamengo serão remanejadas. Antes marcadas para 2 e 9 de junho, os confrontos contra o Coritiba, pela terceira fase da Copa do Brasil, serão disputados nos dias 10 e 16 do mesmo mês. Além dessa mudança, os jogos do Flamengo contra Grêmio e Athletico-PR, pelo Brasileirão, também serão remarcados para datas ainda a serem definidas.

Por Walter Fontenele

Flamengo estabelece valor para vender Gerson

📷Foto: Alexandre Vidal

A diretoria do Flamengo recusou a primeira proposta feita pelo Olympique de Marselha. O clube francês ofereceu 25 milhões de euros (R$ 160 milhões), e o departamento de futebol achou o valor baixo. A intenção é que a oferta seja ao menos de 35 milhões de euros.

Os valores não foram sequer levados ao departamento de finanças do Flamengo, que acompanha o caso de perto para dar seu parecer sobre a negociação. Depois da campanha que terminou com o título, o técnico Rogério Ceni sinalizou para a diretoria rubro-negra que via a renovação do meio-campo como prioridade para o começo da atual temporada.

Continua depois da publicidade:

No momento, o Flamengo faz um terceiro movimento. Tenta melhorar a proposta, já que precisará repassar 10% a Roma, clube que vendeu o jogador em 2019. 

Agora, o Flamengo precisa definir se dá preferência ao recurso financeiro ou ao projeto esportivo. No clube, Ceni teria o jovem João Gomes como substituto imediato. Na posição, Thiago Maia seria alternativa, mas se recupera de uma cirurgia e só deve voltar em cerca de um mês ou dois.

O elenco ainda tem Hugo Moura, reserva, e o meia Diego, que tem atuado recuado. Arão segue improvisado na zaga.

Redação do Portalphb

Everton Ribeiro e Gabigol do Flamengo são convocados para a seleção brasileira

📷Foto de Reprodução

Na manhã de sexta-feira (11), o técnico da seleção brasileira, Tite, divulgou a lista dos jogadores convocados para os dois próximos jogos das Eliminatórias. Dessa forma dois atletas do Flamengo foram convocados: Everton Ribeiro e Gabigol

Sendo assim, as partidas da Seleção estão marcadas para os dias 4 de junho, contra o Equador, em Porto Alegre, e 8 de junho, contra o Paraguai, em Assunção. Os dois jogos serão às 21h30 (horário de Brasília).

Continua depois da publicidade:

Portanto, tanto Everton Ribeiro quanto Gabigol vão desfalcar o Flamengo entre os dias 1 e 9 de junho. Dessa forma, estarão de fora da primeira partida contra o Coritiba, pela Copa do Brasil e o do jogo contra o Grêmio, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. Ambos serão fora de casa. Além disso, para ter os atletas no segundo jogo da Copa do Brasil, no Maracanã, o Mais Querido teria que armar uma boa logística a tempo.

Por Coluna do Flamengo




Postar um comentário

0 Comentários