Mulher desabafa após morte do irmão em acidente com Marcus Nogueira

📷Foto de Reprodução
🏠Teresina (PI)

A reportagem conversou na manhã desta sexta-feira (03), com Edileuza Oliveira, irmã de Raimundo Nonato da Silva Oliveira, que morreu em um acidente envolvendo o advogado Marcus Vinicius Nogueira, na noite dessa quinta (02), em Teresina.

Indignada, Edileuza lamentou que o irmão tenha sido vítima de um acidente de trânsito sem nunca ter cometido uma infração. “O que é mais revoltante é que meu irmão nunca bebeu. Meu irmão nunca nem cometeu uma infração de trânsito”, afirmou.

Edileuza estava em casa quando recebeu a ligação do marido de uma das filhas de Raimundo, que também estavam no carro, informando que ele havia falecido e que as filhas e a neta estavam internadas no HUT.

Continua depois da publicidade:

A bebê Laura Sofia, de apenas 9 meses, sofreu traumatismo craniano e sua mãe, Aline, fraturou o pé e a clavícula. Já Alice teve ferimentos leves e já recebeu alta, no entanto, ainda sente muitas dores e está com dificuldade de locomoção.

O acidente

O advogado Marcus Vinícius Nogueira se envolveu em um acidente de trânsito, que deixou uma pessoa identificada como Raimundo Nonato da Silva Oliveira morta, no bairro Piçarra, zona sul de Teresina, na noite desta quinta-feira (2). O acidente aconteceu por volta de 22h.

O advogado conduzia uma Hilux modelo SW4 de cor prata e colidiu com um Fiat Siena, também de cor prata, no cruzamento das avenidas Higino Cunha e Odilon Araújo. Com o impacto da batida, o condutor do Siena morreu no local. O advogado Marcus Nogueira foi preso em flagrante e levado para a Central de Flagrantes.

Marcus Vinicius, até então era presidente da Comissão de Prerrogativas da OAB Piauí, foi preso em flagrante e autuado pelo crime de homicídio simples, mas não ficou sequer 24 horas preso. Na tarde desta sexta-feira (03), a juíza Patrícia Luz Cavalcante decretou fiança de R$ 15 mil e uso de tornozeleira eletrônica, pondo em liberdade Marcus Nogueira.

Notícias relacionadas:


Por Wanessa Gommes (GP1)

Nenhum comentário